sexta-feira, 16 de junho de 2017

Donuts








Estes donuts serviram para a minha filhota levar para a escola, já há algum tempo, talvez um ano.
Por norma pedem bolos ou salgados para as festas.
Gosto sempre de inovar e deixar os tradicionais bolos de fatia de lado.
E foi dessa forma, depois de alguma pesquisa e de uma máquina de donuts por estrear, que decidi fazê-los.
Nem sequer pensava ter um blog mas à medida que ia fazendo algumas iguarias cá para casa e gostava do resultado final, tive sempre o hábito de tirar fotografias.
Ou não fosse a fotografia uma das minhas outras paixões, aliada à comida, para mim, é um casamento perfeito.
Estou longe de perceber alguma coisa de fotografia, mas vamos aos donuts, que estes sairam-me bem.

Ingredientes p/ donuts:
1 Pacote individual de açúcar baunilhado ou 1 C. Chá do mesmo
80 g de Açucar
260 g de farinha 55
1 C. Chá de fermento em pó para bolos
3 Ovos
250 ml de leite magro (é o que por norma tenho em casa)
6 C. Chá de óleo de girassol

Ingredientes p/ a decoração:
1 Clara 
200 g de açúcar em pó
1 C. Chá de sumo de limão

- Começar a preparar a massa dos donuts.

- Juntar os ingredientes secos e misturar.

- Adicionar o leite, os ovos e o óleo envolver tudo, de forma a que fique uma massa homogénea.

- Aquecer a máquina de donuts. 

- Quando a mesma estiver quente, a minha acende uma luzinha verde, untar com azeite, utilizando um pincel. 

- Com um doseador ou uma colher de sopa colocar massa de forma a preencher o orifício, cerca de uma colher de sopa.

- Quando estiverem cozinhados, a luz verde liga-se e estão prontos a retirar.

- Repetir a operação com a restante massa.

- Deixar arrefecer na totalidade para se poder depois aplicar a cobertura, neste caso o glacé.

Preparar o glacé.

- Numa taça, pôr todos os ingredientes e bater até ficar bem firme.
Se quiser o glacé colorido, basta juntar corante alimentar na cor pretendida.

- Depois dos donuts frios e com a ajuda de uma colher de chá, distribuir o glacé por cima e colocar os confetis.

Foram um enorme sucesso na festa da minha filha.
E não deram assim tanto trabalho.


Uma massa com sabor a regresso